NOTÍCIAS

Paralisação de caminhoneiros já abala abastecimento, diz presidente da Associação Comercial de SP

Data: 24/05/2018

“A paralisação dos caminhoneiros já causa abalo no abastecimento de gêneros alimentícios, perecíveis e também para o setor de combustíveis no País”, constata Alencar Burti, presidente da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp).

Para ele, os bens duráveis e semiduráveis serão menos impactados porque o setor não espera elevado volume de vendas neste período do ano. 

“De qualquer forma, urge uma solução, pois o quadro pode se agravar e desencadear efeitos negativos na economia”, reivindica Burti.

 

Governo deveria reduzir impostos e cortar gastos, e não reonerar, critica Associação Comercial de SP

Alencar Burti, também comentou sobre a decisão tomada pela Câmara dos Deputados de reonerar, ainda neste ano, a folha de pagamento de 28 setores da economia.

“Entendemos que é uma solução de emergência, resultado da falta de habilidade do governo de se preparar para a situação atual de crise, que era previsível. Mas a alternativa do governo deveria ser a redução de impostos e o corte de gastos, e não a reoneração da folha num momento em que o mercado de trabalho apresenta tantas dificuldades”, diz;

Burti reforça que, “sem dúvida alguma, a reoneração vai prejudicar a contratação de novos empregos e enfraquecer, ainda mais, o ritmo de recuperação da atividade econômica e a confiança do consumidor”.


Fonte: Assessoria de Imprensa ACSP



PARCEIROS