NOTÍCIAS

Alta do varejo brasileiro em janeiro abre espaço para taxa básica de juros cair mais

Data: 13/03/2018

Segundo a Associação Comercial de SP, o crescimento do varejo brasileiro em janeiro, em conjunto com o último dado de inflação do IPCA, abre espaço para mais um corte da taxa básica de juros na próxima reunião do Copom, dias 20 e 21/3. Essa é a avaliação de Alencar Burti, presidente da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), a respeito da divulgação do desempenho do comércio nacional feita hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

“Nota-se claramente que a recuperação do consumo não está pressionando a inflação. E a ociosidade da indústria ainda é muito grande. Logo, é possível reduzir mais os juros”, diz Burti, acrescentando que fatores como eleições e câmbio também poderão impactar na definição da taxa Selic.

O presidente da ACSP destaca o desempenho do ramo de supermercados, em decorrência da queda do preço dos alimentos e do aumento da massa salarial, e também dos segmentos de móveis, eletrodomésticos, materiais de construção e automóveis, que se beneficiam da melhora das condições de tomada de crédito.

Ele afirma que o varejo registrará crescimentos ainda maiores ao longo de 2018, em função principalmente da base fraca de comparação. “O varejo está se recuperando, mas é lenta, visto que o setor caiu praticamente 12% nos últimos dois anos”.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa ACSP



PARCEIROS